top of page

Arquitetura de Conversão, seu site tem?


Conversão é um termo que usamos no marketing digital para definir quando um resultado é atingido, uma ligação, uma visita, um contato no Whatsapp, formulário preenchido e etc.


Vamos lá para o primeiro blog do ano, de uns tempos para cá tive um aumento considerável de trabalho e pouco tempo para me dedicar ao blog, mas vamos lá, disclaimer feito, vamos ao que interessa.


Já que já faz um tempo que não escrevo, e pode ser importante falar do assunto, vou voltar a um tema aqui, com uma nova abordagem…


Imaginem uma vitrine de uma loja no Shopping, bonita, com os seus principais produtos, às vezes com valores, promoções e chamadas para sugerir e aguçar a imaginação de seus clientes.


Bom no digital, o site pode fazer esse papel, dentre outras funções, mas esse pode ser um dos mais importantes em uma estratégia de conquistar novos clientes para o seu negócio (https://www.officinamkt.com.br/post/vamos-falar-de-tr%C3%A1fego-gera%C3%A7%C3%A3o-de-leads-e-prospects) mas vamos focar no site, assim como a vitrine do shopping ele pode ter a função de atrair o cliente, passar infomações básicas mas importantes do seu produto ou serviço e fazer o Lead se interessar pela sua empresa, se transformar no próspect, e entar em contato.


O site é onde você vai armazenar todas as informações da sua empresa, seus produtos e serviços, e provavelmente vai ser onde o Lead vai pousar depois de uma ação de tráfego, mas principalmente onde ele vai VALIDAR a sua busca, checar a CREDIBILIDADE e DECIDIR se é onde ele pode fazer negócio. Tudo isso muito rápido, dizem que em aproximadamente em até 8 segundos…


Para isso, seu site tem que ter a tão falada ARQUITETURA de CONVERSÂO (converter leads em próspects…), a palavra é bonita mas não é tão complicado se a gente sempre voltar para o exemplo da vitrine do shopping. Quando a gente vai comprar algum produto fisicamente, primeiro a gente escolhe o “padrão” do shopping, de acordo com o nosso perfil e bolso certo? Por isso o design do site tem que estar de acordo com o tipo de cliente que você quer atender e informar o seu produto ou serviço, essa impressão no Lead é muito rápida, logo nos primeiros segundos, na primeira dobra (parte visível) do site.


Passado esse primeiro filtro, o lead vai querer saber porquê a sua empresa vai cumprir com o que fala e mostra, estamos na fase de demonstrar o que fazemos de diferente, como fazemos, como somos bons no que fazemos, e como outros clientes ficaram satisfeitos. A nossa REPUTAÇÂO é uma fase intermediária onde o Lead vai confirmar que vale a pena entrar em contato; está quase...


Por fim uma ajudinha, sugerindo uma ação ou uma solução para seu Lead finalmente decidir que você é uma das empresas que vale a pena ele perder mais uns minutos, entrar em contato, visitar a sua loja, mandar um contato ou simplesmente anotar o telefone e o endereço para uma futura consulta ou explorar mais o seu site.


Pronto esse é o básico de uma ARQUITETURA de CONVERSÂO que o seu site tem que ter para ter um bom resultado. Parece simples e é, mas às vezes a gente fica mais preocupado com alguns detalhes que não fazem tanta diferença assim, vocês já ouviram o ditado que diz que feito é melhor que perfeito? Nada contra, mas às vezes o tempo e a verba falam mais alto, né?


Bom depois de um site bem arrumadinho, o negócio é arrumar tráfego, e neste quesito existem várias formas, de graça, pago, indireto, orgânico, inbound e etc. mas esse é assunto pro próximo blog tá?





Um abraço e até a próxima


Comentários


bottom of page